20 abril 2011

PEDALUSP

USP começa a testar programa de empréstimo de bicicletas


Começa no dia 4 de maio a fase de testes do programa de empréstimo de bicicletas para alunos, professores e funcionários da USP (Universidade de São Paulo) na Cidade Universitária, na zona oeste de São Paulo.
Os testes do Pedalusp, como foi batizado o sistema, devem seguir até novembro em duas estações: no prédios do Biênio e da Mecânica da Escola Politécnica. Inicialmente, serão quatro bicicletas disponíveis.
O projeto foi elaborado pelos engenheiros Maurício Massao Soares Matsumoto e Mauricio Serrano Goy Villar. Por um ano, a colaboração de empresas, eles desenvolveram o mecanismo de reconhecimento dos cartões de identificação e as travas das bicicletas interligadas ao sistema.
O objetivo da fase de testes é desenvolver o programa para ser ampliado em larga escala. A meta é chegar a dez estações e cem bicicletas.

FUNCIONAMENTO
O sistema será composto de estações automáticas distribuídas pela Cidade Universitária, que vão armazenar as bicicletas e disponibilizá-las aos usuários a qualquer hora do dia.
Para usarem a primeira vez, os usuários precisarão se cadastrar na central de operações do Pedalusp usando o cartão de identificação da USP.
Com o cartão e uma senha, digitada no terminal de atendimento da estação, o usuário poderá retirar a bicicleta. O uso será gratuito, desde que a devolução seja feita em qualquer estação dentro do tempo permitido.
Na fase de testes, o empréstimos será de até 20 minutos --quem passar do tempo será punido com suspensão do sistema.
A ideia surgiu quando Matsumoto e Villar estudaram na França. A observação dos sistemas de compartilhamento de bicicleta implantados nas cidades de Paris, Marselha e Lyon inspirou os então estudantes a desenvolverem o sistema, que foi tema de seu trabalho de conclusão de curso.
Após a formatura, os engenheiros apresentaram o sistema à Cocesp (Coordenadoria do Campus da Capital), que deu apoiou institucional e financeiro para o projeto.


Protótipo para empréstimo gratuito de bicicletas para uso no campus da Cidade Universitária, em São Paulo (SP)

Fonte: Jornal Folha de São Paulo