10 janeiro 2015

Correntes


   A corrente é um dos pontos fortes da bicicleta. Ela é uma das principais peças que transformam a sua pedalada em "gostosa ou tenebrosa". Pois se a sua bicicleta estiver com a corrente sem lubrificação ou com excesso de desgaste, as suas pedaladas se transformam em um martírio, enquanto uma corrente nova, dentro do seu prazo de utilização e bem lubrificada, chega a se equiparar com um vento à favor soprando em suas costas. 

Troca de corrente
MTB - Máximo 1.000k
Speed - Máximo 1.600k
* Trocando dentro destas quilometragens, e sempre monitorando com o medidor de desgaste, você irá conseguir utilizar até 03 correntes com o mesmo jogo de Pinhas e Coroas, aumentando a vida útil da transmissão e renovando o rendimento de sua pedalada.

Ferramenta de medição de desgaste: 

Lubrificação de corrente

   Ponto de lubrificação: Parte inferior, entre as coroas e o câmbio traseiro;
   Óleo: Selecione o modelo de óleo conforme o terreno, condição climática ou quilometragem a ser percorrida.
   * Se possível, lubrifique a sua corrente quando não for utilizar a bicicleta, sempre após ter passado ao menos um pano/flanela para efetuar a retirada de resíduos anteriores. Pedalando para trás, bem devagar, vá pingando o óleo, distribuindo entre os elos da corrente, até chegar no ponto inicial novamente. Deixe a bicicleta em repouso, para que o óleo penetre na corrente e faça o seu serviço, que é a lubrificação interna.
   Ao pegar a bicicleta novamente, com o mesmo pano sujo, efetue a retirada do excesso de óleo, e boas pedaladas!