22 junho 2015

Câmara Municipal de Vereadores de Bagé aprova a Lei da Bicicleta

   Em nome da classe ciclística de nosso município, como ciclista e representante dos ciclistas, Presidente da Associação Bajeense de Ciclismo e Mobilidade, Diretor de eventos do Clube Audax Bagé/Ciclo Regert, integrante das equipes EBBX (Equipe Bagé de Bicicross) e Pelotão da Quinta, neste momento como ouvidor e voz dos ciclistas da cidade, agradeço a oportunidade de colocar em pauta, esta discussão para a aprovação da Lei da Bicicleta, ao qual foi à votação nesta segunda-feira, 22/Junho, na Câmara Municipal de Vereadores de Bagé, sendo aprovada por unanimidade. Hoje, Bagé começa a se igualar a grandes cidades, no que se refere à ciclismo, cicloativismo, e principalmente: Estrutura Cicloviária.

   Sinceramente, nossa esperança é de que esta lei não seja apenas a criação de mais burocracias e mais normas ao qual não ajam fiscalizações e acabem caindo no esquecimento. Não vamos deixar, pode ter certeza!
   Este foi apenas 01, dos inúmeros passos, ou "pedaladas", que temos que dar, pois estamos recém começando esta luta, e precisamos cada vez mais, de parceiros e parcerias, para que Bagé se torne realmente, um exemplo a ser seguido por outras cidades, e volte a aparecer nos noticiários e reportagens, de maneira positiva.
   Aproveito esta postagem para agradecer a oportunidade que o Sr. Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Bagé, Divaldo Lara, está nos proporcionando hoje, pois de uma visita minha e de Cristian Becker, para reforçar as solicitações de manutenções nas atuais ciclovias e ciclofaixas da cidade, grandes idéias e grandes projetos surgiram, entre eles um espaço para um programa mensal sobre ciclismo (Chimarrão com Pedal) e a possível possibilidade de criarmos a Lei da Bicicleta, hoje uma realidade em ambos os casos. Excelentes ideias já surgiram e ainda estão para serem trabalhadas, e aos poucos estaremos desenvolvendo e apresentando como tentativas de soluções, para ciclistas e pedestres, já que caminhamos e pedalamos juntos dentro da esfera dos "não motorizados", no trânsito.

   Não posso esquecer de agradecer a Vereadora Cláudia Souza, ao qual já nos recebeu em seu gabinete e nos ajudou no encaminhamento de várias solicitações referentes à melhorias em nossas ciclovias e é uma das que luta pela causa, assim como o ex-vereador Lelinho, hoje Secretário Municipal de Juventude, Esporte e Lazer, ao qual nos proporcionou uma Audiência Pública com a presença de autoridades de nível estadual, como é o caso do vereador Marcelo Sgarbossa, de Porto Alegre.
   Obrigado à cada ciclista, que leu, observou e opinou para a edição do projeto da Lei da Bicicleta, ao qual nos baseamos nas referências: Curitiba e Porto Alegre.
   Obrigado aos ciclistas que estiveram presentes na Câmara Municipal de Vereadores para debatermos a lei, nos mêses anteriores, e hoje para acompanharmos a votação.
   Obrigado à toda a bancada de vereadores que nos proporcionou uma aprovação de lei por unanimidade, lei esta legítima, que briga pela segurança no trânsito e também tem como foco ajudar a desafogar o grande fluxo de carros em nossa ultrapassada malha viária do centro da cidade.
   Não posso esquecer de agradecer ao Alexandre Costa Nascimento, do Blog Ir e Vir de Bike, ciclista, repórter e cicloativista, sendo um dos grandes propulsores da lei de Curitiba, assim como também não posso deixar de mencionar os companheiros da Secretaria Municipal de Trânsito, em especial o comitê da Balada Segura, Leonardo Godinho e Val que estão sempre dispostos a abraçar as campanhas de conscientização ao uso da bicicleta como modal de transporte.

  •    Novas ciclovias, ciclovias compartilhadas e ciclofaixas;
  •    Conservação e manutenção;
  •    Estacionamentos e Bicicletários;
  •    Incentivo ao turismo esportivo;
  •    Campanhas de conscientização;

    Detalhes que esta lei irá ajudar a destacar, proporcionando que nosso modal de transporte possa proporcionar mais segurança aos atuais usuários, assim como atrair novos usuários, em especial motoristas, que passem a aderir às práticas saudáveis, tanto para o seu corpo e mente, quanto para o meio ambiente, deixando o seu carro em casa e aproveitando para diminuir a sua emissão diária de gases nocivos à saúde da população.
   Uma ótima semana à todos vocês, e vamos em frente!!!

Heron Regert, Divaldo Lara, Pedro Regert e Cristian Becker.