08 abril 2011

Atropelador de ciclistas é libertado do Presídio Central

O atropelador dos ciclistas do grupo Massa Crítica, Ricardo Neis, foi libertado do Presídio Central às 14h18min desta sexta-feira. Ontem, a 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sulconcedeu o habeas corpus a Neis, autorizando a sua libertação.

Com a aparência abatida, o atropelador deixou a penitenciária no carro de seu advogado e se recusou a falar com a imprensa que o aguardava. Ele foi encaminhado ao Presídio Central no dia 31 de março e responderá ao processo em liberdade.




Neis foi denunciado pelo Ministério público por 17 tentativas de homicídio triplamente qualificadas. A promotora de Justiça Lúcia Helena Callegari, autora da denúncia, alegou que, ao acelerar seu automóvel contra as vítimas, Neis deu início ao ato de matar e causou lesões corporais comprovadas pelos boletins de atendimento médico. 

Segundo o MP, os ciclistas foram salvos pelo fato de estarem usando equipamentos de segurança e pelo pronto atendimento recebido. Ainda conforme a denúncia, os crimes tiveram motivo fútil e o autor dificultou a defesa das vítimas.