06 abril 2011

Pan-americano de Mountain Bike

Team Brasil retorna da Colômbia com a 2ª colocação
A delegação brasileira retornou da Colômbia nesta terça-feira 5, e junto com a bagagem os atletas trouxeram 9 medalhas, sendo 3 de ouro, 2 de prata e 4 de bronze, terminando o Campeonato Pan-americano na segunda colocação geral, ficando atrás apenas dos donos da casa.
O campeonato Pan-americano de Mountain Bike realizado em Chia na Colômbia aconteceu entre os dias 1 e 3 de abril, com provas distribuídas nas categorias XCO, Down Hill e 4X. Entre as maiores dificuldades encontradas pelos atletas brasileiros esta a grande diferença de altitude. As provas na Colômbia foram realizadas com uma altitude de 2.600 metros acima do nível do mar, essa diferença climática fez os ciclistas sentirem muita dificuldade na hora de respirar, principalmente durante as competições.
Apesar das dificuldades, os ciclistas da seleção brasileira demonstraram ser realmente grandes guerreiros, logo no primeiro dia de competições eles participaram de uma prova de revezamento, onde cada país tinha que estar representado por quatro atletas do XCO, sendo um de cada modalidade, Junior, Elite Masculino, Elite Feminino e Sub23. Essa prova de revezamento deixou claro para todos que o Brasil estava com um time bastante equilibrado e muito bem preparado. A medalha de bronze fez os atletas ganharem ainda mais motivação para continuar em busca do ouro.
Entre os veteranos da categoria Máster, o atleta Abraão Azevedo de Brasília fez uma prova de recuperação e assumiu a liderança na ultima volta, chegando isolado para conquistar o primeiro ouro do Brasil.
Retificação
Após a realização das provas no primeiro dia de competição, divulgamos que o atleta Marcos Marra teria conquistado a medalha de prata e o Brasil teria fechado o dia com três medalhas. Na verdade a organização do evento divulgou os resultados com o tempo trocado e o atleta brasileiro não chegou a conquistar a medalha na categoria Máster.
Consolidação
Ao longo do segundo dia o Brasil conquistou 7 medalhas no Down Hill, dando um grande passo na classificação geral.  A modalidade foi fundamental para colocar o Brasil entre os primeiros na briga por nações.
O ultimo dia de competição aconteceu no domingo, 3 de abril, o sol forte parecia prestigiar os atletas que alinhavam para começar as provas. Na categoria feminino a atleta brasileira Roberta Stopa finalizou sua participação com a oitava colocação, a vitória ficou com a colombiana  Ángela Parra.
Outro grande resultado para o Brasil foi a quarta colocação do atleta Henrique Avancini, o jovem atleta é uma das grandes promessas do Brasil. Avancini Por muito pouco não conseguiu ficar entre os três primeiros na categoria SUB-23.
A distribuição de 3 vagas diretas para as olimpíadas, fez a competição tomar um nível muito elevado. Exigindo uma ótima preparação dos atletas.
No geral a participação brasileira foi bastante positiva, no quadro geral de medalhas, apenas a Colômbia conseguiu mais vitórias. O Brasil ficou na frente de grandes potencias olímpicas, como os Estados Unidos.
Alem das vagas para as Olimpiadas de Londres 2012, o Pan-americano da Colombia também distribuiu vagas para os Jogos Pan-americanos de Guadalajara, a COPACI (Confederação Pan-americana de Ciclismo) prometeu divulgar ainda esta semana o nome dos atletas que conseguiram indice.
“O Campeonato Pan-americano da Colômbia foi uma prova bastante disputada, a dificuldade para respirar devido a altitude causou muito desgaste nos ciclistas brasileiros, mas apesar de tudo conseguimos dar a volta por cima e terminar na segunda colocação geral. A nossa participação foi muito positiva, alguns atletas da nossa seleção conseguiram vagas para os Jogos Pan-americanos de Guadalajara, mas teremos que esperar o boletim oficial da COPACI com a informação” comentou Eduardo Ramires, técnico da seleção brasileira de Mountain Bike.
Este foi mais um resultado positivo do trabalho sério que vem sendo realizado pela Confederação Brasileira de Ciclismo, com o apoio do Banco do Brasil (O banco do ciclismo brasileiro), em busca de uma renovação do ciclismo nacional. A implantação de competições de nível internacional, estágios, investimento nas categorias de base e infraestrutura para os atletas em provas internacionais são algumas medidas que já estão sendo realizadas.

Veja alguns momentos da prova de XCO Elite

Quadro geral de medalhas
País
Ouro
Prata
Bronze
COLOMBIA
15
15
13
BRASIL
3
2
4
ARGENTINA
2
1
 
ECUADOR
2
 
2
MEXICO
1
1
 
CHILE
1
3
3
COSTA RICA
1
  
ESTADOS UNIDOS
1
2
3
GUATEMALA
 
1
 
VENEZUELA
 
1
1


Fonte:
ASSESSORIA DE IMPRENSA CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO