02 março 2011

Alberto Contador espera que leis antidoping sejam mudadas


O ciclista Alberto Contador, tricampeão da volta da França, espera que o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS, em inglês) não o puna por conta do suposto caso de doping depois da liberação da federação espanhola. Em entrevista ao jornal ABC, o espanhol disse ainda que espera que a Agência Mundial Antidoping (Wada, em inglês) mude as regras para este caso.
Contador testou positivo para a substância clembuterol em um controle de doping no último dia 21 de junho, quando participava da Volta da França.
A Federação Espanhola de Ciclismo propôs uma punição de um ano sem correr, mas no dia 15 de fevereiro decidiu arquivar o caso, após o ciclista ter alegado ser vítima de uma intoxicação alimentar.
A União Ciclística Internacional (UCI, em inglês) e a Wada podem recorrer da decisão ante o TAS, que poderia suspender o atleta por até dois anos.
"Quero que a Wada reflita sobre meu caso, o estude e possa encontrar uma nova lei para o futuro", afirmou Contador à imprensa espanhola.
Contador e outras personalidades do esporte espanhol, do setor público e jurídico, defendem que a lei antidoping seja modificada fixando limites, já que atualmente qualquer quantidade de substância proibida encontrada no organismo é considerada doping.

Alberto Contador  - Tricampeão da Volta da França, o ciclista testou positivo para clembuterol, em 2010, e acabou suspenso. No entanto, a Federação .... Foto: Getty Images
Contador espera mudanças nas leis antidoping
Foto: Getty Images